Problemas com Autoestima é um processo de possíveis ajustes!

Parece fácil opinarmos a respeito de tudo ao nosso redor.

Temos opiniões prontas sobre as atitudes dos outros, seus ideais e seus gostos pessoais.

Temos nossas avaliações sobre todos os assuntos possíveis e imagináveis.

Mas, e sobre nós mesmos, conseguimos com a mesma facilidade reconhecer nossas atitudes e ideais, defeitos e qualidades?

Essa capacidade de avaliação determina nossa autoestima.

Até que ponto somos capazes de nos autoavaliar e o quanto pode ser positiva essa avaliação?

Muitas pessoas não têm a noção da importância de sua própria opinião, algumas nem sequer percebem que possuem uma idéia pré-concebida de si mesmas. Não sabem que suas opiniões a respeito próprio DEFINEM SUAS VIDAS e decidem suas AÇÕES e seus DESTINOS.

A autoestima é um PROCESSO que se inicia nos primeiros anos de vida, quando a criança é reconhecida e valorizada por aqueles que representam algo importante para ela, ou seja, os pais ou responsáveis. A validação de seus atos, sua aparência e suas ideias representa a aceitação de sua pessoa como um ser completo, fazendo nascer uma autoestima positiva. Obviamente, o contrário também é válido. Se a criança é negligenciada, desmotivada, mal tratada, o conceito de si mesma será pautado na crença de ser não aceitável, não ser capaz, não ser importante, …

Ainda que surja na infância, esse processo não termina nunca. O que isso quer dizer? Que nosso PROCESSO inconsciente de autoavaliação perdura e nos influencia diariamente e por toda vida.

O quanto somos capazes de bem ou mal avaliar-nos determinará os nossos resultados e levará nossas vidas para um caminho pré-determinado.

Isso não é nem bom e nem ruim, é apenas o que é e é importante nos atentarmos para isso!

Todo ser humano possui uma autoimagem, é quase como olhar-se em um espelho e gostar ou não daquilo que se vê. Obviamente, nossa imagem física faz parte dessa avaliação, mas não a determina. Porque o SER sempre será mais definitivo que o ESTAR  – e nós não somos nosso corpo físico, nós estamos nele.

O que a autoestima pode fazer por nós?

A boa notícia é que por ser um PROCESSO, a autoestima pode ser trabalhada. Mesmo que durante a infância ou até na vida adulta, tenhamos sofrido uma avaliação ruim. É possível reverter essa situação.

E como fazer isso?

Primeiro é preciso conhecer-nos, o autoconhecimento é o mapa do maior tesouro que possuímos. Depois é preciso que estejamos conscientes de nossa própria avaliação (de preferência, sem mais críticas e julgamentos).

Em seguida, é preciso mensurar com racionalidade nossos defeitos e qualidades, não para exorcizá-los ou bajular-nos, mas para entender como funcionamos e porque fazemos as escolhas que fazemos.

Depois de tudo isso, é preciso limpar o “terreno”, no caso da autoestima ser baixa. Limpar o “terreno” significa refazer a autoestima (lembre-se: é um processo). Reconstruir nossa imagem, criando novas crenças e formas de nos ver. Existem excelentes métodos que nos auxiliam no exercício do autoconhecimento, que é a chave para criar uma nova autoestima e com isso, uma vida diferente!

A TFT é algum desses métodos eficazes para ajudar redefinir ou mudar nossa imagem, criando novas crenças e formas de nos vermos!

E como é bom nós estarmos felizes e buscando sermos completos!

MELHORANDO NOSSA AUTOESTIMA!

E você pode usar a TFT para conseguir melhorar sua autoestima! Você consegue relatar alguma situação semelhante que acontece com você ou com alguém que tem problemas com autoestima? Que tal compartilhar esse artigo com essa pessoa! Técnicas de liberação emocional A TFT pode ajudar! Deixe seu comentário. Compartilhe sua experiência. Leio todos, um por um!

Receba Dicas e Explicações sobre A EFICAZ E RÁPIDA TÉCNICA TFT ou sobre O PROCESSO REALIZADOR LIFE COACHING!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *